30/03/2014

O Curupira - Flávio Colin

O Curupira, personagem do folclore brasileiro, é também a mais nova aposta da Pixel Media nos quadrinhos. O álbum é a segunda publicação inteiramente nacional da editora (a primeira foi Os Inimigos Não Mandam Flores, de Ferréz). Dirigido especialmente às crianças e adolescentes, o álbum de Flavio Colin, baseado no lendário defensor da natureza, é sua última obra inédita e já está disponível nas bancas, gibiterias e principais livrarias de todo o país.

Curupira, criatura de cabelos vermelhos cor-de-fogo, tem os pés ao contrário para enganar caçadores que o perseguem e adora sentar em árvores para comer seus frutos. Protege as matas e seus habitantes, defende a fauna, a flora e pune os agressores da natureza - caçadores e empresas clandestinas.

Neste álbum, Curupira vive cinco histórias que se interligam do começo ao fim. O leitor entrará, por exemplo, nos mistérios da Amazônia e verá as agressões do homem à maior floresta tropical do mundo, a caça predatória para a venda de peles, as queimadas e tantos outros problemas que afligem a região. E ainda conhecerá outros personagens do folclore brasileiro, como a Onça-pé-de-Boi e o Jurupari.

Todos os problemas tratados no álbum, escrito já há alguns anos, ainda persistem, infelizmente, na realidade brasileira. Mesmo assim, o genial Flavio Colin mostra os problemas da floresta amazônica de um modo leve e descontraído - um jeito de agradar e ao mesmo tempo conscientizar os leitores sobre a importância da preservação do meio ambiente, em histórias que vão entreter toda a família.

Flavio Colin (1930 - 2002) é um dos maiores quadrinistas brasileiros de todos os tempos. Sua obra sempre se notabilizou por tratar de temas e personagens brasileiros e, nesta obra, não poderia ser diferente.


Fikom - Edrel # 01

Fikom é um dos mais inventivos personagens do quadrinho nacional. Foi criado em 1969, nos tempos da ditadura extrema, das culturas alternativas, do tropicalismo e da música psicodélica. 

Nos dias em que se buscava fórmulas de escape à dura e cruel realidade. E o melhor lugar de se conseguir isso é no mundo dos sonhos, onde ninguém pode ser censurado ou reprimido e onde nossos desejos podem ser alcançados. 

Assim, o muito jovem artista plástico Fernando Ikoma criou Fikom, que ao lado de sua namorada Sandra singrava intrepidamente os universos do sonhar.

Especial de Terror - Mozart Couto

Especial publicado pela editora Press na década de 80 com um dos artistas que mais colaboraram com esta editora, Mozart Couto. Contém duas excelentes histórias de cunho bem regionalista e de temática fantástica, que sempre foi uma das marcas deste mestre dos quadrinhos nacionais, além de portfolios e dicas e técnicas de desenhos.

Fantastic Man


Fantastic Man foi um super-herói, criado em 1976 por Tony Fernandes. Inicialmente o personagem chamaria-se Zink, o Homem Formiga, mas o nome precisou ser alterado por conta do personagem homônimo da Marvel.

A série foi criada na década de 70. Na verdade, o homem do planeta vulcano apareceu pela primeira vez na revista Jogos & Diversões. ed. # 12, da extinta editora Noblet, numa aventura curta, de 10 págs. Apesar de ter obtido boa aceitação naquela época remota o autor decidiu engavetar o personagem,  por achar que a série estava mal estruturada.

Somente em 1983 é que o autor decidiu incrementar o universo do Prof. Johreid (Fantastic Man). Assim, surgiram a Doutora Ápia, Zendal e Betákamus (dois seres anfíbios de Atrúria, a magnífica capital do Reino Submarino) e os demais personagens que vieram a enriquecer o universo desta série de super-herói e ficção-científica, como: os  Patrulheiros da Federação Intergalática (entidade responsável por manter a ordem naquele distante sistema solar) e o cruel Tankór, o supremo (um pseudo-deus que escraviza seus  seguidores), Kaléphis, o Pirata Sideral, etc.




05/03/2014

Contato Imediato - Os Guerreiros Do Crepúsculo


Os Guerreiros do Crepúsculo são combatentes humanos de variadas épocas da História (incluindo uma época lendária): o representante de nossa modernidade é Lucas, um soldado sem pátria que luta para o governo que lhe pagar melhor; Trog, o homem das cavernas; Cibele, uma guerreira amazona (eis aí a participante da época lendária); Kulai, arqueiro mongol das fileiras do exército de Genghis Khan; Fanghar, nobre viking servo de Odin; e Mobuto, tão valoroso quanto mudo zulu africano. 
Todos foram reunidos num futuro dimensional por ação de um estranho gigante alienígena, que os livrou no exato instante em que sofreriam a morte terrestre e os transportou àquela estranha dimensão para que pudessem ajudar seu povo a exterminar uma raça inimiga, uma horda de demônios sanguinários. 
Para ajudar os humanos nesta batalha, o gigante alienígena lhes concede a ajuda de um poderoso andróide do futuro – mas seria este cyborg confiável? O que nossos (anti) heróis não imaginam, é que neste violento jogo espacial estaria em risco a própria existência da humanidade.

Casa do Terror Especial


"Edição única de Casa do Terror,lançada pela Editora Best News.(Sem especificação de data exata,mas foi Editada em meados da Década de 90.) 

São Seis contos de Terror : O Planeta dos Espectros , Uma voz ao Telefone , O Hipocondríaco , A Sombra Vingadora , Navio Maldito  e  O impossível acontece .Todos com Argumentos e Desenhos de Eugênio Colonnese.

Ágata # 01 e 02


ÁGATA é uma criação de Paulo Hamasaki, publicada em 1984 pela sua própria editora Hamasaki. A personagem, apesar de sua aparência sensual, sempre se apresenta com temas bem humorados numa crítica aos eventos circunspectos a política, por exemplo, na capa da edição#02 ela está com "Maluk" e "Tankredo" e em uma de suas histórias e ela cai diretamente em São paulo em 2284 para votar para presidente e, finalmente, Polo Maluk é eleito presidente...
A personagem é uma aventureira espacial que vive "caindo" em planetas e mais planetas  e não mais caiu nas bancas, foram apenas duas edições...