27/05/2013

A Arte de Rodolfo Zalla


Mudou-se para o Brasil em 1963, onde produziu a tira Jacaré Mendonça para o jornal Última Hora, foi um dos artistas responsáveis pela arte de Targo (uma cópia de Tarzan) e pela reformulação do Escopião (criado como um plágio do Fantasma de Lee Falk, Zalla foi um dos responsáveis pelas mudanças no personagem a fim de evitar um processo movido pela King Features Syndicate), ambos pela Editora Taika . 
Após trabalhar em várias editoras funda o "Estúdio D-Arte" ao lado de Eugênio Colonnese (artista que Zalla conhecera ainda na Argentina) . O estúdio funcionou entre 1966 e 1969. Em 1981 D-Arte vira uma editora e lança duas revistas de terror bem-sucedidas Calafrio e Mestres do Terror . Na Editora Abril, Zalla foi responsável por desenhar durante seis anos histórias do Zorro baseadas na série de TV da Disney .
Zalla e Colonnese foram responsáveis pela utilização de quadrinhos em livros didáticos brasileiros.  No gênero terror criou a personagem Nádia, a filha de Drácula e no faroeste o cowboy Johnny Pecos.
Essa edição especial foi publicada pela editora D-Arte para o Festival de Lucca (Itália), no ano de 1992, onde é  apresentado o trabalho nos quadrinhos , desde o seu inicio, na sua terra natal a Argentina, até a sua pátria de adoção, o Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário